terça-feira, novembro 18, 2008

(e)ternamente / eternally

Tenho o prazer de apresentar o meu primeiro livro de poesia (bilingue) "(e)ternamente - eternally".
Quando me propus no lançamento deste livro, não o queria deixar de fazer, sem nele transmitir os meus sentimentos. Estes poemas são um conjunto de emoções, pensamentos e sensações que o meu coração foi debitando ao longo destes anos.

O título (e)ternamente, consiste num jogo de palavras:
É terna a mente que sente, que dita, que sonha.
Eternamente… é muito tempo, ou melhor, sem tempo. A poesia transmite-me o tempo infinito. Poesia que saboreio lentamente, sem pensar no contra relógio que vivo no dia-a-dia. Sem pensar nas imposições que tento consumar todos os dias.
“E ternamente, escrevi este livro”.

Achei por bem traduzir o livro para a língua inglesa. Certamente agucei alguma curiosidade em torno disso. A resposta é bem simples. Parece contraditório, mas escolhi traduzir o livro para inglês de forma a levá-lo além fronteiras. O livro vai ser colocado à venda no Canadá, sendo um país com uma grande comunidade luso-canadiana.
Contudo, não quero desta forma ignorar a Língua Portuguesa que tão bem defendeu Fernando Pessoa, António Vieira, Luís de Camões ou mesmo Antero de Quental, Vitorino Nemésio e Afonso Lopes Vieira. Antes pelo contrário quero desta forma chegar aos países de língua inglesa levando a nossa lusitanidade.
Gostaria também de deixar neste blogue alguns agradecimentos que o fiz publicamente aquando da apresentação do livro, no passado dia 13 de Dezembro de 2008.
Agradeço por isso:

Aos meus pais por tudo o que hoje sou, pelo apoio que sempre me prestaram e pelo carinho que sempre manifestaram.
Ao Rui – o meu marido – por ter aceite envolver-se neste projecto, pelo apoio e paciência manifestada e consumada.
Ao meu irmão Adélio, que sempre que necessito tenho o seu aconchegante ombro.
À Patrícia Ribeiro e à Catarina Pinto pela amizade e pela disponibilidade que manifestarem desde o primeiro minuto para realizarem a tradução deste livro.
Ao Renato Carvalho, amigo de longa data, pela disponibilidade e pela revisão.
À Fundação da Caixa Agrícola de Leiria, à Junta de Freguesia da Barreira e à Associação de Investigação e Cultura dos Açores de Leiria, que aderiram a este projecto e pelo contributo dado à edição deste livro.
À Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira pela cedência do espaço.
À Editora Folheto, na qual tenho o orgulho e o prazer de trabalhar, pelo apoio incansável e pela disponibilidade que sempre me ofereceram.
Para além das pessoas que mencionei, agradeço também a todas aquelas que de alguma forma me inspiraram, coadjuvaram e motivaram na prossecução desta idealidade.
Deixo impressos neste livro os meus sentimentos dispostos a serem gastos pelo tempo, mas na esperança que resistam (e)ternamente.
Poderão adquirir este livro, que tem o preço de venda ao público de 10 euros, através do site:
Ou em qualquer livraria de Leiria e Marinha Grande. Estão à venda os livros no Canadá, Hamilton, através do seguinte contacto Otília Prazeres: webmaster@jessicaamaro.com.

6 comentários:

Silent Raven disse...

Olá, Sandra...
Vim aqui parar como que por acaso, a partir de uma derivação pelo mundo dos blogues... Gostei muito daquilo que encontrei, da magia e da envolvência das palavras que li.

Desejo que esse livro seja um grande sucesso!

Abraço...
Carla

ZezinhoMota disse...

D. Sandra!

Já tinha visitado o blog da Editora, mas só aqui no seu, compreendi que este livro é de sua autoría!

Desejo-lhe os maiores êxitos e que seja o primeiro de muitos que há-de lançar...

Felicidades...

Saudações poéticas.

ZezinhoMota

ZezinhoMota disse...

D. Sandra!

Quero expressar-lhe neste momento (17,34h) do dia 13 de Dezembro 2008, a minha convicção que o lançamento do seu livro foi e será um êxito absoluto.

Creia-me com a mais elevada consideração e a minha admiração pela pessoa que é.

ZezinhoMota

(Como nota; neste momento vou ajudar no bolo de Aniversário (da Sofia, minha filha)e aquando no champanhe vou em pensamento brindar por si e no seu êxito. ZM9

Judô e Poesia disse...

Meus parabéns, apreciei muito o espaço deste blog, felicidades com o livro.Domingos, Brasil.

Judô e Poesia disse...

Meus parabéns, apreciei muito o espaço deste blog, felicidades com o livro.Domingos, Brasil.

Judô e Poesia disse...

Voltei para colher novas poesias suas, mas nada encontrei, além de sua últimas palavras, e meu alento, em forma de eco. Abraços. Domingos.